Mãos à Escrita
Jornal do Agrupamento Professor João de Meira
Pesquisa

POEMAS DE SÃO MARTINHO
Por Manuela Ribeiro (Professora), em 2014/11/20897 leram | 0 comentários | 103 gostam
Estes poemas foram elaborados pelos alunos do 6º ano turma D, que não quiseram deixar de comemorar o São Martinho.
Quadras de São Martinho

Lá ia Martinho
Com o seu cavalo a galopar
Até que encontra um mendigo
Com frio e a espirrar
Após o mendigo receber a capa
No meio das nuvens o sol apareceu
Martinho passou a ser Santo
E nunca mais se esqueceu
Desta bela história antiga
Da lenda de S. Martinho
Que a capa repartira
Com o seu novo amigo mendigo
Ana Rita Marques

No dia de S. Martinho
Estão as castanhas a saltar
Com o bom vinho
Nada nos vai escapar
Rodrigo Lopes

No dia da S. Martinho
Come-se saborosas castanhas
Salta-se a bela fogueira
E bebe-se um bom vinho
Miguel Ângelo Fernandes

São Martinho queridinho
Há castanhas e vinho
Faz-se jogos com alegria
Neste dia tão quentinho
Maria Inês Magalhães

Castanhas a saltar
Pessoas a apanhar
O S. Martinho já chegou
E o tempo acalmou
João Nuno Martins

A fome a crescer,
Sem nada para comer.
S. Martinho, cheio de banhas,
Começou a comer castanhas.
Rafael Mendes

Oa alunos do 6º D


Comentários

Escreva o seu Comentário