Mãos à Escrita
Jornal do Agrupamento Professor João de Meira
Pesquisa

PROVÉRBIOS MALUCOS
Por Manuela Ribeiro (Professora), em 2014/11/20578 leram | 0 comentários | 137 gostam
Os alunos do 6º ano turma D resolveram brincar com alguns provérbios bem nossos conhecidos. Vejam que engraçados ficaram!
Provérbios Malucos

"Rato a rato, roeu-me o sapato."
Miguel

"Grão a grão, engorda a galinha o rabo."
André

"Quem conta um conto, tira-lhe um ponto."
Margarida e Ana Catarina

"Águas passadas, passaram."
Ana Rita

"Quem tem cão, não caça com gato."
Diogo

"Pão a pão, enche o gato o papo."
Maria Inês

"Quem vai ao rio, encontra o assobio."
Rui

"Cão que molha, morde."
Rodrigo

"Águas mil, ficas como um funil."
Vasco

"Cão que não mia, ladra."
João Nuno

"Quanto mais devagar, mais depressa."
José João

"Mais vale dois pássaros a voar do que um na mão."
José Diogo

"Quem conta um conto, não acrescenta um ponto."
Mário

"Cão que ladra, olha que morde."
David

"Quem conta um conto, nunca acrescenta um ponto."
Joana

"Água dura em pedra mole, tanto bate, mas não fura."
Inês Rocha

"De pequenino, não se torce o pepino."
Inês Oliveira

"A curiosidade salvou o gato."
Andreia

"Cão que ladra, morde."
Gabriel

"Quem brinca com o fogo, não se molha."
João Pedro

"A mentira tem perna longa."
Francisco

"Grão a grão, fica a galinha com fome."
Hélder

"Gato escaldado, morre."
Mariana

"Quem brinca com a água, não se queima."
Pedro

"Devagar se vai ao perto."
Maria João

Os alunos do 6º D


Comentários

Escreva o seu Comentário