Mãos à Escrita
Jornal do Agrupamento Professor João de Meira
Pesquisa

SE EU FOSSE...
Por Manuela Ribeiro (Professora), em 2013/06/18901 leram | 0 comentários | 156 gostam
Trabalho coletivo elaborado pelos alunos do 5º ano, turma C.
Se eu fosse...

Se eu fosse… uma árvore
Gostaria de ser alta
Ter muitos ramos
Para suportar muita malta!

Se eu fosse… uma flor
Não pararia de baloiçar;
Tinha um perfume tão bom,
Que ninguém me parava de cheirar!

Se eu fosse… uma estrela radiante
Nunca me fartava de brilhar
O céu é a minha casa
Até alguém me desejar!

Se eu fosse… uma nuvem
Gostaria de viajar lentamente,
Ser leve e libertar a água que haveria em mim
Regar as plantas e as árvores
Para molhar o mundo e toda a gente!

Se eu fosse… uma andorinha
Voava por todo o mundo
Encantava toda a gente
Até um vagabundo!

Se eu fosse… um avião
Voava por todo o mundo
Viajava com imaginação
Não perdia nenhum segundo!

Se eu fosse… uma caneta
Gostaria muito de escrever
A minha casa seria o porta lápis
Lá muitos amigos iria fazer!

Se eu fosse… uma águia
Estaria sempre a voar
Daria comida aos meus filhos
Para nada lhes faltar!

Se eu fosse… um avião
Gostava de transportar gente
Voar muito alto
Passar pelo afluente!

Se eu fosse… um avião
Voaria pelo céu
Por cima de todos os países
Neles aterraria!

Se eu fosse… uma nuvem
Parava numa ria,
Enchia-me de água
Descarregava no mar!

Se eu fosse… uma árvore
Dava fruto e comida
Para toda a cidade
Também para um gigante!

Se eu fosse… um navio
Pelos sete mares navegaria
Por essa jornada repleta de magia
Se ficar com ferrugem
Nem o ranger faria um pio!

Se eu fosse… um gelado
Estava sempre calado;
Estava sempre congelado
Também estava molhado.

Se eu fosse… um sonho
Iria mais alto
Ia dar um salto
Sobrevoar o planalto!

Se eu fosse… um cão
Ladrava com o coração
Ladrava com paixão
Corria como um leão!

Se eu fosse… um pássaro
Metia-me num barco
Explorava o mundo
Conheceria os meus primos!

Se eu fosse… um pássaro
Viajaria pelo mundo
Saltava de ramo em ramo
Molhando as minhas patinhas
Dizia adeus nas viagens
Que fazia até ao céu!

 Se eu fosse… um peixe
Nadava pelo mundo
Como um cardume.
Seria um peixe colorido
No meio das algas
Do mar florido!

Se eu fosse… a chuva
Teria passado por tudo e por todos
Caído em cada pétala de flor
Ver o sol a pôr
Os brilhos reluzentes
Em mim e em meus parentes!

Se eu fosse… água
Seria mar,
Mar transparente
Com o sol reluzente
Azul ficará!

Se eu fosse… uma flor
Tinha muitas cores
Cheias de amor.
Vivia num jardim
Que tinha malmequeres
A fazer uma leitura
Sobre a amizade.
Adorava ver crianças
A passear no jardim
Com muito amor.
Esperava pelo arco-íris
Com muita alegria!

Se eu fosse… uma águia
Voava pelos céus
À procura de presas
Com os meus olhos espetaculares
Enquanto voava pelos ares.
Com curvas e entre curvas
Voava pelos ares fugindo dos caçadores
Com duas asas melhores
Que as dos condores!

Se eu fosse… uma bandeira
Abanava ao vento
Mas se fosse… uma estátua
Uma pedra seria!

Se eu fosse… uma estrela
Estava lá bem no céu
Estava sempre a brilhar
Não parava de piscar!

Como sou uma estrela
Todo o mundo posso ver
Tu não vais acreditar
Nas coisas que vais ver.
Não sei como explicar
Tens de ser tu a ver
Quando numa estrela te transformares
Anda para a minha beira aprender!

Trabalho coletivo dos alunos do 5º C


Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe