Mãos à Escrita
Jornal do Agrupamento Professor João de Meira
Pesquisa

Atividades Experimentais na EB 2,3 João de Meira
Por Emilia Lemos (Professora), em 2015/11/22700 leram | 0 comentários | 84 gostam
No dia 17 de novembro, a turma do 2.º A da EB1 Oliveira do Castelo, foi realizar atividades experimentais no laboratório de Ciências da EB 2,3 João de Meira, no âmbito da comemoração do aniversário de uma aluna.
Olá! Eu chamo-me Filipa e vou contar a todos como correu o meu dia de aniversário.
Finalmente, chegou o grande dia! O dia 17 de novembro, o dia em que deixei de ter seis anos...
Foi um dia muito especial, pois a minha mãe levou os meus coleguinhas de turma à escola EB 2,3 João de Meira para fazermos atividades experimentais. Eu e os meus amigos estávamos todos muito ansiosos por conhecer o laboratório, onde os cientistas fazem as experiências.
Durante o fim de semana, ajudei a minha mãe a preparar as experiências do “Ovo em dieta”; da “Pasta de dentes de elefante”; do “Candeeiro de lava”; da “Dança das cores” e do “Vulcão em erupção”.
Durante as atividades experimentais ficamos a saber que, num candeeiro de lava, as bolhas sobem e descem quando juntamos um pó efervescente. Isto acontece porque este pó quando se junta à água liberta um gás, o dióxido de carbono. Como o gás é menos denso do que o óleo, sobe até ao cimo da garrafa. Ficamos também a saber que no momento que colocamos um palito numa tina com leite, com um pouquinho de detergente dentro das manchas, elas pareciam explodir!
A atividade que os meus colegas gostaram mais foi quando o ovo foi sugado para o interior do balão. Isto acontece, porque o fogo que colocamos no interior do balão, consome todo o oxigénio existente, e como depois tapamos a entrada de mais oxigénio, por segundos, o interior do balão ficou vazio. Mas como a natureza não gosta de ter espaços vazios, cria assim uma pressão, de modo que mais ar pudesse entrar no balão, arrastando consigo o ovo.
As atividades da “Pasta de dentes de elefante” e do “Vulcão em erupção” também foram muito giras. Todos os meus amigos quiseram participar e fizeram muitas perguntas sobre o motivo da espuma ter saído da garrafa.
Estas atividades tiveram como objetivos fomentar o gosto pela Ciência; estimular a curiosidade infantil pelos fenómenos naturais e encorajar os alunos a levantar questões e a procurar respostas por elas, assumindo uma atitude de permanente pesquisa e experimentação e desenvolver atitudes de: curiosidade, originalidade, cooperação, perseverança, abertura de espírito, autocrítica, responsabilidade e independência de pensamento.
Foi uma tarde muito divertida e dedicada à Ciência!
Obrigada a todos por este dia! Até para o ano…


Filipa Kellen, 2º A e Encarregada de Educação

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário